Rádio JOVEM PAN

97.7. Jovem Pan Barra Bonita

Ouvir

“Não adianta querer obrigar uma igreja a aceitar o aborto”, diz Mariana Godoy

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Mariana Godoy no Morning Show - 12/10/2017

Mariana Godoy falou sobre a inspiração para seu livro

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Mariana Godoy falou sobre a inspiração para seu livro "Em Busca de Aparecida"

Mariana Godoy no Morning Show

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Mariana Godoy no Morning Show

Mariana Godoy no Morning Show

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Mariana Godoy no Morning Show

Mariana Godoy no Morning Show

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Mariana Godoy no Morning Show

Mariana Godoy no Morning Show

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Mariana Godoy no Morning Show

Mariana Godoy falou sobre a inspiração para seu livro "Em Busca de Aparecida"
Mariana Godoy no Morning Show
Mariana Godoy no Morning Show
Mariana Godoy no Morning Show
Mariana Godoy no Morning Show

A jornalista Mariana Godoy foi a convidada da vez no Jovem Pan Morning Show desta quinta-feira (12) e aproveitou a data em homenagem à Nossa Senhora Aparecida para falar de seu livro: “Em Busca de Aparecida: As Histórias e as Graças da Santa Mais Amada Pelo Povo Brasileiro”.

Em conversa com a bancada, a jornalista contou que a ideia para o livro surgiu de uma conversa com sua empregada depois que foi questionada sobre a presença de “santos de rico” em sua casa.

“Ela me falou que São Fancisco de Assis era santo de rico porque toda casa de rico tem e casa de pobre tem Nossa Senhora Aparecida. Fui ver se ela tinha razão e entender como as pessoas se identificam com determinados santos”, contou. “O fato de ela [Nossa Senhora Aparecida] ser escurecida conectou os negros do nosso país”, afirmou.

Ao falar sobre a sua religiosidade, Mariana, que é casada com um ex-padre, tocou em temas tabus que cercam a religião, como o aborto. Para a jornalista, é incabível querer que a igreja católica aceite o aborto.

“Não adianta querer obrigar uma igreja que acredita que a vida começa no momento da concepção a aceitar o aborto”, falou ao se posicionar sobre o assunto. “Quem é a favor do aborto? Nem a mulher que precisa é a favor. Eu sou a favor de que a mulher que está tão desesperada para procurar isso não seja humilhada, violentada, exposta e que não corra riscos”, afirmou.

Globo e RedeTV!

Hoje na RedeTV!, Mariana teve uma carreira de 23 anos na TV Globo e na Globo News antes de deixar a emissora. No Morning Show, a jornalista disse que, em qualquer canal, nunca fez algo que não sentia ser certo.

“Eu sempre fiz o que eu queria fazer. Fiquei na Globo fazendo o que eu queria e não fazia o que não devia, mas sem brigar”, falou. “Eu me livrava de ler textos prontos porque não era eu quem escrevia e fui sobrevivendo”, lembrou.

Na RedeTV!, um dos momentos mais lembrados de foi o seu “tchau de miss” durante o debate entre os candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro. “Eu dei o tchau para o público”, explicou.

“Eles estavam fazendo tanta bagunça, se comportando tão mal e a transmissão era ao vivo que eu pensei: ‘porque que eu estou participando? Ele [Marcelo Crivella] não falou que eu sou bonita? Então a bonita vai dar tchau’”, lembrou.


Tags da Pan

Comentários